Natalia Queiroz, professora e coordenadora do curso de Pós-graduação em Fisioterapia traumato-ortopédica e desportiva, na Faculdade Ceafi, dá detalhes importantes sobre o conteúdo abordado no curso. Confira agora a entrevista.

O que é a Fisioterapia Traumato-Ortopédica?

A Fisioterapia hoje se coloca no mercado de uma forma muito mais abrangente. Sendo assim, a Fisioterapia Traumato-Ortopedica e Desportiva é a área que trata e previne lesões através do Movimento Humano.

Pautada em uma boa avaliação funcional do movimento temos nas mãos informações completas para realmente entender o que nosso paciente/cliente precisa.

Quais são os principais recursos terapêuticos utilizados nesta área?

Dentro dos diferentes recursos eletrofototermoterapêuticos já conhecidos, atualmente estamos diante de altas tecnologias para resultados efetivos, tais como: Bota Pneumatica; Terapias por Ondas de Choque; Neuromodulação Periférica e Central; Terapia Percussiva Funcional (a famosa pistola de vibração); Terapia de Oclusão Vascular dentre outros.

Como atuar na área de fisioterapia traumato-ortopédica?

O profissional hoje para se destacar nesse novo cenário precisa ter uma base sólida de conhecimento teórico, mas acima de tudo ousadia para aperfeiçoar sua prática clínica. A Fisioterapia hoje está pautada em Exercícios, então esse novo profissional precisa saber quando e quais são as melhores estratégias para corrigir uma disfunção e melhorar a dor do nosso cliente/paciente.

Qual sua principal dica para quem quer atuar nesta área?

Estudar, estudar e estudar, fazer uma boa pós graduação não apenas com conhecimentos engessados mas abrir a cabeça para a nossa Abordagem Global do Ser Humano através de ferramentas de avaliação e conduta e a importância de uma boa equipe multidisciplinar.

O que há de mais novo na área? (Novidades, Técnicas Diferentes, Etc)

Toda a Abordagem Global do Movimento Humano nos possibilita aprofundar o conhecimento sobre o Sistema Miofascial e sobre a Repadronização Funcional que é o método que eu criei pautado na Avaliação Funcional e Condutas específicas de exercícios de forma individual e global.

O que é Repadronização Funcional?

Repadronizar é buscar a simetria nos movimentos proporcionando uma melhor função. Eu criei este método com o objetivo de proporcionar a qualidade de vida das pessoas, não só atuando de maneira curativa, mas o mais importante, de maneira preventiva.

A Repadronização Funcional é um método criado pela Dra. Natália Queiroz  com o objetivo de reprogramar o movimento humano.

Baseado na Avaliação Funcional do Movimento, o método busca coletar dados qualitativos e quantitativos do funcionamento articular do tecido mole para intervir com diferentes estratégias de exercícios corretivos, buscando a prevenção e tratamento de dores e lesões auxiliando no desempenho esportivo e nas atividades da vida diária.


Dentre as estratégias de exercícios adotadas após a nossa avaliação global são priorizados aqueles que trabalham os três eixos de movimento – frontal, sagital e transversal – tendo como base os padrões de movimento fundamentais que consistem no empurrar, puxar, agachar e avançar.

Gostou deste artigo sobre Pós-graduação em Fisioterapia traumato-ortopédica e desportiva? As vagas para a pós-graduação já estão abertas.

Pós-graudação Fisioterapia em Tr traumato-ortopédica e desportiva

Baixe agora o projeto do curso, clique aqui.

Currículo Natália Queiroz

Graduação: Fisioterapia
Especialização em: Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Desportiva pelo CEAFI e Especialista em Fisioterapia
Esportiva pela SONAFE
Mestrado: Ciências da Reabilitação – UNB
Atuação Profissional: Aperfeiçoamento em Terapias Manuais e em Treinamento Funcional pela instituição CEAFI.
Experiência de 9 anos na área de Fisioterapia Ortopédica, na Reabilitação Aquática e na área de Treinamento
Funcional. Fisioterapeuta da Seleção Goiana de RUGBY, responsável pelo serviço de Fisioterapia da Academia Dalmo
Ribeiro, além de atendimentos HOMECARE, Sócio-proprietária do Instituto Naves Queiroz. Palestrante convidada em
Eventos Acadêmicos, Congressos e Simpósios. Professora da Pós-graduação em Traumato-Ortopedia e Desportiva
da Faculdade CEAFI, Professora da Universidade Estadual de Goiás. Orientadora das turmas de Pós-graduação e
participante de bancas de conclusão de curso do CEAFI- PÓS GRADUAÇÃO. Membro do Grupo de Pesquisa
“Avaliação e Intervenção em Fisioterapia” da UNB, e do Grupo de Aperfeiçoamento em Joelho (GAJ).

Siga Natalia Queiroz no Instagram