A definição de fáscia mais conhecida é de Findley e Schleip, que dizem que o tecido fascial “se interpenetra e envolve todos os órgãos, músculos, ossos e fibras nervosas”. No entanto, essa explicação é de 2007 e muito foi feito desde então. Assim, também é amplamente aceito que a fáscia tem várias outras funções importantes, incluindo:

  • Neurológico: tem cerca de seis vezes mais receptores nervosos do que qualquer outra parte;
  • Estrutural: é importante manter o equilíbrio, a coordenação e a postura;
  • Transmissão de força biomecânica;
  • Morfogênico: está presente em todo o corpo e mantém unidas as partes do esqueleto;
  • Transmissão de sinal celular.

O que é Fascia?

A fáscia é, portanto, uma rede de tecido conjuntivo que envolve todas as partes do corpo, da cabeça aos pés, o que lhe permite reter suas próprias estruturas. 

A fáscia é formada principalmente por colágeno, o que a torna flexível, permitindo que os músculos se movam livremente, enquanto reduz seu atrito. Por isso, quando a fáscia é restringida por alguma disfunção, a contração muscular também é restringida.

Essa restrição, por sua vez, pode levar à dor ou até mesmo a lesões mais limitantes. Mas essa restrição pode, na verdade, se originar do músculo ou da fáscia, porque uma fáscia tensa é tão dolorosa e restritiva quanto um músculo tenso. 

Além disso, como é um tecido ininterrupto, se uma área do corpo está sofrendo, não é incomum que os sintomas sejam sentidos em outro lugar. Isso explica por que uma lesão no joelho pode causar dor no ombro.

As possibilidades que o tecido fascial nos oferece são enormes e não param de aumentar com o passar do tempo!

Compreendendo a Fascia

No entanto, não é como se soubéssemos tudo sobre fáscia. Na verdade, é exatamente o contrário. De acordo com a The Fascia Research Society , “Fascia é a rede mais difundida, mas talvez a menos compreendida, do corpo humano . Não sendo mais considerados os ‘restos’ de dissecações de cadáveres, a fáscia agora atraiu a atenção de cientistas e médicos. ”

Quando ficou claro que a fáscia era mais do que parecia, os pesquisadores começaram a direcionar sua atenção e a ter mais interesse nela. A principal conclusão, porém, é que quanto mais aprendemos, mais percebemos que ainda não sabemos nada.

O problema é que esses estudos exigem total compreensão dos mecanismos do corpo, porque o tecido fascial nos envolve inteiramente. E isso é algo que, mesmo com toda evolução científica, ainda não conseguimos entender.

Infelizmente, a própria fáscia é um tecido que precisa de estudos. Portanto, devido à sua complexidade, acaba sendo difícil para nós compreendermos realmente as funções por ele desempenhadas.

Causas da fáscia fraca

Alguns exemplos do que pode prejudicar a fáscia incluem: má postura, tensão muscular induzida pelo estresse, permanecer na mesma posição por longos períodos de tempo. Os problemas de fáscia mais comuns são no quadril. Isso causa muitas pessoas dores nas costas, pernas, glúteos e quadris e restrição de movimentos.

Quando sua fáscia está presa e você deseja aplicar o alongamento e a liberação da fáscia, as seguintes dicas devem ser lembradas:

  • Faça um bom aquecimento antes do alongamento da fáscia
  • Aumente sua amplitude de movimento e conduza regularmente seu corpo através de padrões de movimento funcionais de corpo inteiro, como agachamentos profundos, flexões e ioga
  • Para alongar adequadamente a fáscia, seus músculos devem estar relaxados
  • Use um rolo de espuma e / ou uma bola de tênis – seja gentil e lento nos movimentos e quando encontrar um ponto de tensão, segure-o por 3-5 minutos

Você é fisioterapeuta é deseja aprender a tratar a Causa da Dor e da Lesão e não apenas um Diagnóstico Clínico?⠀

Conheça a Pós-graduação em Pós-Graduação em Fisioterapia Traumato-Ortopédica e Desportiva⠀da Faculdade Ceafi.

Confira o que você irá aprender:⠀
⠀⠀
✅ COMO FAZER UMA BOA AVALIAÇÃO FUNCIONAL DO MOVIMENTO? ⠀

✅ COMO FAZER UM DIAGNÓSTICO CINÉTICO- FUNCIONAL EFICIENTE? ⠀

✅ PRESCRIÇÃO DE EXERCÍCIOS NA ÁREA DA FISIOTERAPIA, POR ONDE COMEÇAR? ⠀

Venha aprender com quem é especialista na área.⠀Temos uma consultoria on-line para conhecer toda a grade do curso, corpo docente, condições especiais . Basta entrar em contato pelo link.